Partido Socialista
Coluna de navegação
Forum: s.m. (Do lat. Forum).
1. Praça pública, na Antiga Roma, onde se realizavam os mercados, se efectuavam assembleias populares ou se reuniam os magistrados para julgamento de causas.
2. Foro - Local onde se debatem assuntos de ordem pública, em especial questões judiciais.
3. Foro - Centro de múltiplas actividades.
4. Foro - Debate de especialistas sobre determinada matéria.
COLÓQUIO, FORO. - Um forum sobre educação.
PL. foruns.

In Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa.
Lisboa: Ed. Verbo, 2001. 1º vol p. 802
Contactos

Home Page

@Mail: Geral

Luís Rios Coelho [ LRC ]
Ana Patrícia Lamy [ APL ]
António Serge Campinos [ ASC ]

Arquivos

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Novembro 2005

Dezembro 2005

Janeiro 2006

Fevereiro 2006

Março 2006

Abril 2006

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Abril 2007

Maio 2007

Julho 2007

Janeiro 2008

Fevereiro 2008

Março 2008

Maio 2008

Junho 2008

Setembro 2008

Novembro 2008

<< current



Lisboa Campo de Ourique
Internet

WebSites:

Partido Socialista
Juventude Socialista
FAUL
PS/Lisboa
Forum Cidade
PS - Parlamento Europeu
Internacional Socialista
Grupo Parlamentar
Acção Socialista
Candidatura Miguel Coelho 08


Blogs: SUSPEITIX

<- A ->
Abjurado
Arrastão

<- B ->
Bichos Carpinteiros
Bloguí­tica
Bonfim

<- C ->
Canhoto
Causa Nossa
Congeminações
Cruz Quebrada e Dafundo City

<- D ->
Descrédito
Desenvolvimento Sustentável

<- E ->
Estaleiro

<- F ->
Forum Cidade
Forum Cidadania
Forum Comunitário

<- G ->
Glória Fácil

<- H ->
Hoje há conquilhas

<- I ->
IVG - PELO SIM

<- J ->
João Soares
O Jumento

<- L ->
Linha de Conta
Lisboa desgovernada, mas não abandonada
Lisboa Lisboa
Lisboa, quem te viu e quem te vê
A Lei do Funil

<- M ->
Memória Virtual

<- N ->
Notí­cias breves PS Santarém

<- P ->
PS Belém
PS Estremoz
PS Lumiar

<- R ->
Respirar o Mesmo Ar

<- S ->
Sobre o Tempo que Passa
SOS Cinema Europa
SUSPEITIX

<- T ->
Tugir em português


Legislativas 2005
BASES PROGRAMÁTICAS (PDF)

Europeias 2004

Contador (site) Blogger Dicionario


Comunicação Social
Nacional
Jornais
Açoriano Oriental
A Bola
A Capital
Comércio do Porto
Correio da Manhã
Diário dos Açores
Diário Digital
Diário Económico
Diário de Notí­cias
Diário de Notí­cias da Madeira
Expresso
Fábrica de Conteúdos
O Independente
O Jogo
Jornal do Fundão
Jornal de Notí­cias
Lusa
O Primeiro de Janeiro
O Público
Record
RTP
Sábado
Sapo XL (ver SIC directo)
SIC
TSF
TVI
Visão

Estrangeira
Jornais
CNN
Le Figaro
Google News
Le Monde
El Mundo
The New York Times
El Pais
Reuters
Time
The Times
USA Today
Veja


Outras ligações

Comunicação de 2005-03-12
(Posse XVII Governo)
Jorge Sampaio
Forum Campo de Ourique
Blog de socialistas de Campo de Ourique
segunda-feira, janeiro 29, 2007  
[0.021/2007]
SÓCRATES APELA AO VOTO
José Sócrates pediu aos eleitores portugueses para que votem no referendo sobre o aborto, argumentando que "não se pode deixar que sejam outros a decidir por nós. É importante que todos votem! Compete a cada um de nós decidir sobre uma matéria tão importante, uma proposta de alteração da lei que visa acabar com a chaga social do aborto clandestino", afirmou o Secretário-Geral do PS.
"Defendemos uma lei equilibrada que, por um lado, não puna as mulheres que interrompem a gravidez e, por outro, lhes dê acesso aos serviços públicos, na área médica e da segurança social para poder decidir em consciência", afirmou José Sócrates em Guimarães, durante uma iniciativa da Juventude Socialista onde também participou Pedro Nuno Santos.
29.1.07 . - . Página inicial . - .


domingo, janeiro 28, 2007  
[0.020/2007]
A GESTÃO CAMARÁRIA

Leio no Público que as obras do Jardim de S. Pedro de Alcântara (mirador no Bairro Alto com uma deslumbrante vista) estão mesmo paradas, porque o empreiteiro há muito que não recebe da Câmara e fartou-se de estar a financiar a obra.

Leio no Expresso que há cerca de 30 escolas em Lisboa cujos 50 monitores do prolongamento do horário escolar decidiram suspender as suas funções (afectando a actividade extracurricular de 1800 crianças) porque a Câmara não lhes paga desde Setembro.

Lá vai Lisboa...
LRC
28.1.07 . - . Página inicial . - .


sábado, janeiro 27, 2007  
[0.019/2006]
DEPOIS DO 3....VEM O 2

Após a nº 3 da Câmara, Gabriela Seara, chegou a vez do nº 2, Fontão de Carvalho.
De acordo com o Público, o vice-presidente da Câmara, Fontão de Carvalho, também é arguido. Ou melhor, é mas devido a um lapso, não é... mas vai ser. Confuso? Leia a notícia:

Vice-presidente da Câmara de Lisboa constituído "informalmente" arguido no processo
A condição processual de Fontão de Carvalho, vice-presidente da Câmara de Lisboa, está a provocar algum desconforto na equipa da Polícia Judiciária e do Ministério Público, a quem foi atribuída a investigação do processo relacionado com a Bragaparques. O autarca foi "informalmente" constituído arguido pelo magistrado que acompanhou a diligência, mas depois não assinou o termo de identidade e residência, indispensável à formalização daquela condição processual.
Ontem mesmo terá havido contactos entre as autoridades e o autarca, que já foi informado da necessidade de prestar termo de identidade e residência, de forma a clarificar a sua situação processual. O que chegou a estar marcado para o dia de ontem, mas foi adiado por impossibilidade de agenda dos investigadores e do próprio autarca.
A questão ganha importância depois de o próprio autarca ter dito, numa entrevista à SIC Notícias, que o cenário da suspensão de mandato nem sequer se colocava. Dizia que, ao contrário de Gabriela Seara, constituída arguida durante as buscas, não se colocava qualquer suspeita no que a si se relacionava. Admitia repensar a posição, caso viesse a ser constituído arguido pelas autoridades. E seguir, nessa altura, o exemplo da vereadora que anteontem suspendeu funções na Câmara de Lisboa.
Fontão de Carvalho foi alvo de uma busca pelas 7 horas da manhã. O autarca foi acordado pela Judiciária e por um magistrado do Ministério Público, que lhe entregaram uma cópia do mandado emitido pelo juiz.
O documento já fazia referência à investigação em causa. Dava conta de que seriam apreendidos todos os elementos relacionados com a permuta de terrenos e a venda em hasta pública dos espaços da Feira Popular. O outro alvo da investigação seria a Bragaparques, cujos administradores seriam suspeitos de corrupção e/ou tráfico de influências, por terem conseguido um negócio aparentemente ruinoso para a autarquia.
Durante a diligência das autoridades, Fontão de Carvalho foi informado de que seria constituído arguido. Acabou depois por não assinar a documentação, algo que foi considerado, pela equipa que efectuou a busca, como um "lapso" que será reparado em poucos dias.
27.1.07 . - . Página inicial . - .


quinta-feira, janeiro 25, 2007  
[0.018/2007]
CONVITE PARA SESSÃO PELO "SIM"

Numa inicitiva conjunta do Departamento Federativo de Mulheres da FAUL, da Concelhia de Lisboa, do "Movimento Cidadania e Responsabilidade pelo Sim", do "Movimento Jovens pelo Sim" e do "Movimento Médicos pela Escolha" realiza-se pelas 16 Hrs de Sábado 27/01, na sala do Fórum Lisboa (Av. de Roma) uma sessão pelo "SIM" no referendo sobre a IVG, que conta com as seguintes participações :

Ana Paula Vitorino, Celeste Correia, Fernanda Câncio, Maria de Belém Roseira, Tiago Silveira, Pedro Nuno Santos e Vasco Freire.

Compareça e leve alguém consigo.
25.1.07 . - . Página inicial . - .


quarta-feira, janeiro 24, 2007  
[0.017/2007]
LEVARAM SÓ UNS PAPÉIS....

Quem ouviu ontem as declarações de Carmona Rodrigues sobre as buscas da PJ nas instalações da Câmara de que "está tudo bem, foi a Câmara que chamou a PJ e que levaram só uns papéis, não sabemos porquê mas são coisas do tempo do Santana Lopes,....." poderá pensar que aquilo transpira transparência por todos os lados e que o que há é uma evidente embirração da PJ para com a Câmara de Lisboa.
Hoje, ao lermos as notícias, constatamos que aquelas declarações não correspondem bem à realidade e que até a casa de 2 vereadores do PSD foi vasculhada, soando mesmo que um deles foi constituído arguido.
Aquando da campanha eleitoral, Carmona garantia que não havia nada a ser investigado e, conforme depois se veio a comprovar, já nessa altura a PJ andava por lá.
Este homem parece que não compreende bem o que se passa à sua volta. Bragaparques, Terrenos, Parque Mayer, Feira Popular, Urbanização, Infante Santo, Lismarvila,....."não é nada, são só uns papéis".

Lá vai Lisboa....

CML: PJ esteve nas residências de vereadora e vice-presidente
De acordo com a Lusa e notícias da imprensa, as buscas realizadas ontem à Câmara de Lisboa, tanto nos Paços do Concelho como no edifício do Campo Grande (onde se situam os serviços de Urbanismo e Finanças) devido ao processo Bragaparques, estenderam-se também às residências da vereadora do Urbanismo, Gabriela Seara, e do vice-presidente da autarquia, Fontão de Carvalho.
O Diário de Notícias, que cita fontes da Polícia Judiciária, escreve que as buscas realizadas às residência de Fontão de Carvalho e Gabriela Seara "são um indício claro do grau de suspeita que existe sobre ambos" e resultam de mais de um ano de investigações. Recorade-se que a primeira investigação com buscas à CML foi realizada há um ano e dois meses.
Adianta ainda o DN que os inspectores da Direcção Central de Investigação da Corrupção e Criminalidade Económica e Financeira (DCICCEF) apreenderam documentos e informação em suporte informático que só depois de analisada permitirá ao Ministério Público tomar a decisão de constituir ou não os dois responsáveis autárquicos arguidos.
Contudo, o Diário Económico e o Jornal de Notícias escrevem nas suas edições de hoje que a vereadora Gabriela Seara já foi constituída arguida, adiantando também o JN que o director municipal dos Serviços Centrais, Remédio Pires, foi igualmente constituído arguido.
A Polícia Judiciária realizou terça-feira buscas na Câmara de Lisboa no âmbito da investigação ao negócio da permuta e venda de terrenos da feira popular com os do Parque Mayer, realizado há dois anos entre a Bragaparques e a autarquia.
Foram também realizadas buscas aos escritórios da Bragaparques e da EPUL - Empresa Pública de Urbanização de Lisboa.
24.1.07 . - . Página inicial . - .


terça-feira, janeiro 23, 2007  
[0.016/2007]
O NOVO VEREADOR

Rui Paulo Figueiredo, assessor jurídico do 1º Ministro e membro do secretariado da CPCL já comunicou ao Presidente do PS/Lisboa, Miguel Coelho, a sua aceitação para ser empossado como Vereador do PS na C.M.L. ficando deste modo preenchida a vaga deixada por Manuel Maria Carrilho.
A decisão deste nosso camarada, também coordenador da Secção de S.João-Beato, ansiosamente aguardada durante quase 2 semanas, foi por certo bastante ponderada pois estavam em equação aspectos profissionais, académicos e pessoais e, como ele disse muito recentemente, "tudo na vida tem um tempo e um modo".
Ao Rui Paulo Figueiredo, formulamos votos de bom mandato.
23.1.07 . - . Página inicial . - .


segunda-feira, janeiro 22, 2007  
[0.015/2007]
A IVG NAS BATALHAS PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE

Todos nós camaradas, mulheres e homens socialistas e todos os que se quiserem juntar à nossa luta cívica e democrática, temos de explicar junto dos nossos núcleos familiares, de amigos e laborais a importância desta nossa batalha pela cidadania e civilização.
A interrupção da IVG não é um problema que diz respeito apenas às mulheres, respeita também aos homens. Logo é verdadeiro problema social.
É intolerável que se continuem a julgar mulheres por abortos ilegais. Muitas dessas interrupções são autênticos gritos de desespero, feitas em condições imorais. O direito à IVG é um imperativo social, que resulta do princípio constitucional do direito à saúde. A IVG é sem margem para dúvidas um problema a ser visto como uma medida da política de saúde.
A IVG tem de sair de consultórios escuros, vãos de escada e entrar pela porta principal dos hospitais públicos e privados, para ser tratada como um problema de saúde pública, que é.

Jesuína Ribeiro, Presidente do Departamento Federativo das Mulheres Socialistas - FAUL
(excerto de artigo publicado no Acção Socialista)
22.1.07 . - . Página inicial . - .


quinta-feira, janeiro 18, 2007  
[0.014/2007]
O secretário-geral do PS, José Sócrates, vai participar na conferência "O sim responsável", que decorrerá no próximo Sábado, 20 de Janeiro, pelas 15h30, no Teatro Camões, no Parque das Nações, em Lisboa.
18.1.07 . - . Página inicial . - .


terça-feira, janeiro 16, 2007  
[0.013/2007
CONVITE

O Conselho de Fundadores da Associação Fórum Cidade, no âmbito do ciclo de conferências "A cidade e as pessoas", tem o prazer de convidar para um debate intitulado "Reforma Administrativa em Lisboa, Sim ou Não? " , que se realizará no dia 17 de Janeiro (quarta-feira), pelas 21.30 horas, no Hotel Altis:
Intervenções iniciais de:
António Dias Baptista - Vereador da CM Lisboa
António Mega Ferreira - ex-Presidente da Parque Expo, S.A.
José Rosa do Egipto - Presidente da Junta de Freguesia dos Olivais
Vasco Franco - Deputado e ex-Vereador da CM Lisboa

P'lo Conselho de Fundadores
Miguel Coelho
16.1.07 . - . Página inicial . - .


segunda-feira, janeiro 15, 2007  
[0.012/2007]

15.1.07 . - . Página inicial . - .


sexta-feira, janeiro 12, 2007  
[0.011/2007]
AINDA POR DEFINIR O PRÓXIMO VEREADOR

"Naturalmente, será Dias Baptista, coordenador autárquico na Concelhia do PS e vereador, a assumir a liderança da bancada socialista na Câmara da capital", disse ao JN Miguel Coelho, presidente da Concelhia do PS de Lisboa, um dia depois da reunião daquele organismo político.
Quanto à possibilidade do número dois na lista rosa às últimas eleições autárquicas poder assumir o lugar, aquele responsável reafirmou "Nuno Gaioso é líder dele próprio. O assunto está arrumado".
Desfeitas as dúvidas quando ao cenário pós-Carrilho - que anteontem renunciou ao mandato de vereador na autarquia -, Miguel Coelho adiantou que, até segunda-feira, ficará definido o nome de quem irá preencher a vaga na bancada socialista.
Isto porque não é certo que Rui Paulo Figueiredo - o senhor que se segue na lista do PS - aceite o cargo. Na reunião da Concelhia, Rui Paulo Figueiredo - assessor do primeiro-ministro - "pediu tempo para reflectir, pois tudo isto irá provocar mudanças profundas na sua vida", explicou Miguel Coelho.

Na lista seguem-se Paulo Pereira (ex-responsável do Instituto Português do Património Arquitectónico) e Ana Barbosa que, segundo uma fonte socialista, "foi assessora do gabinete de Nuno Gaioso na Câmara de Lisboa até se demitir, no passado mês de Dezembro". Segundo a mesma fonte, "Paulo Pereira não deverá aceitar o cargo, pelo que, caso Rui Paulo Figueiredo também decline a proposta, será Ana Barbosa a próxima vereadora do PS". Neste caso, lembrou aquele militante, "Nuno Gaioso, que perdeu a confiança política do partido depois de ter acusado Carrilho de irresponsável, displicente e ausente, poderá ganhar alguma força, já que contará com o apoio de Ana Barbosa e da vereadora independente eleita pelo PS, Isabel Seabra".
Contactado pelo JN, Nuno Gaioso fez questão de salientar que "está tudo calmo" e que não houve qualquer deliberação quando à liderança da bancada. O que importa, argumentou, "é trabalharmos colectivamente e melhorar a Oposição do PS".

Fonte: Jornal de Notícias
12.1.07 . - . Página inicial . - .


quinta-feira, janeiro 11, 2007  
[0.010/2007]
CONVITE

Com o objectivo de contribuir para o voto consciente no Referendo do próximo dia 11 de Fevereiro, o Departamento Federativo das Mulheres Socialistas da FAUL convida as (os) militantes a participarem na Sessão Pública a realizar Sábado, dia 13 de Janeiro, pelas 15.00h, no Auditório da Assembleia Municipal de Oeiras.


PROGRAMA

15.00h - Recepção dos participantes

15.15h - Sessão de Abertura
Jesuína Ribeiro - Presidente do DFMS da FAUL
Pedro Silva Pereira - Secretário Nacional do Partido Socialista

Painel

16.00h - IVG - uma questão europeia -
Edite Estrela, Secretária Nacional do PS, Deputada Europeia

16.30h - IVG - uma questão de saúde pública -
Miguel Oliveira e Silva, Médico obstetra-ginecologista no Hospital de Santa Maria

17.00h - IVG - uma questão de igualdade de oportunidades - Clara Pais, Médica

17.30h - IVG - uma questão civilizacional -
Jorge Lacão, dirigente nacional do PS

18.00h - Debate

18.45h - Sessão de Encerramento
Jesuína Ribeiro - Presidente do DFMS da FAUL
Emanuel Martins - Presidente da Concelhia do PS de Oeiras
Maria Manuela Augusto - Presidente do DNMS
Ana Paula Vitorino - Secretária Nacional do PS
11.1.07 . - . Página inicial . - .


quarta-feira, janeiro 10, 2007  

[0.009/2007]
RUI PAULO FIGUEIREDO SUBSTITUI M. M. CARRILHO ?

Manuel Maria Carrilho entregou hoje de manhã ao presidente da Câmara Municipal, Carmona Rodrigues, "uma declaração de renúncia ao mandato de vereador". Na base da sua decisão está a falta de tempo para desempenhar o cargo na autarquia, sem pelouros e sem salário, já que é também deputado à Assembleia da República, onde além de ser vice-presidente do grupo parlamentar do PS, é ainda membro da Comissão de Assuntos Europeus.
Pouco mais de um ano após assumir o cargo de vereador, Carrilho abandona agora a vereação socialista dizendo-se convicto de que fez "tudo o que estava ao seu alcance para assegurar o que a política tem de mais nobre: o serviço público".

Miguel Coelho, líder do PS/Lisboa já veio a público agradecer o trabalho desenvolvido por M. M. Carrilho enquanto Vereador e informou que o lugar deverá ser preenchido pelo membro da lista não eleito imediatamente a seguir, Rui Paulo Figueiredo, actualmente assessor do 1º Ministro e membro do Secretariado do PS/Lisboa.
A chefia da Vereação Socialista fica agora a cargo do vereador António Dias Baptista.
10.1.07 . - . Página inicial . - .


 

[0.008/2007]
OS CARTAZES DA CAMPANHA

O PS tem já espalhados por todo o território nacional "outdoors" de apelo ao voto "SIM" no referendo sobre a despenalização da interrupção voluntária da gravidez (IVG). Os cartazes transmitem uma mensagem de moderação, de combate à abstenção, mas também consciencialização da responsabilidade individual de cada cidadão na consulta popular agendada para 11 de Fevereiro.

Fonte: site do PS
10.1.07 . - . Página inicial . - .


terça-feira, janeiro 09, 2007  
[0.007/2007]
INDIGNAÇÃO DE RESIDENTES DA ZONA DA SÉ

Foi a 22 de Setembro passado que a Câmara de Lisboa encerrou ao trânsito as Ruas dos Bacalhoeiros e dos Arameiros (entre a Rua da Madalena e o Campo das Cebolas) a pretexto de ser uma medida que "visava essencialmente o aumento da mobilidade e a diminuição dos níveis de poluição local" mas que se tem provado que foi uma medida avulsa, tomada para transformar essas 2 ruas numa zona de estacionamento para servir os interesses económicos instalados.
Uma medida que remete para a penalização os residentes habitacionais que viram os seus direitos de mobilidade e estacionamento coarctados pela Autarquia, depois de já anteriormente se terem visto privados de lugares de estacionamento tanto na Rua do Comércio, como em frente à Casa dos Bicos ou junto ao Ministério das Finanças. Então, onde é que os residentes podem estacionar os seus carros?
O que é certo é que aquelas 2 ruas ficaram sem trânsito circulante mas, apesar da sinalização de interdição e do pavimento estar devidamente pintado com aqueles enormes quadrados brancos, os carros continuaram a entrar e, ao longo destes meses, elas serviram impunemente de parque de estacionamento.
Há dias, o jornal Público noticiou sobre o assunto e a Vereadora da Mobilidade, Marina Ferreira, não deve ter gostado do que leu e instruiu o Sr. Director Municipal da Divisão de Trânsito, Pedro Moutinho, para oficiar de imediato a Polícia Municipal para autuar quem estivesse parqueado na zona.
E assim foi feito. Residentes ou não, todos foram vítimas da actuação da Polícia. Até mesmo aqueles que estavam estacionados nos 4 lugares a seguir à zona interdita, lugares esses onde se poderia estacionar, de acordo com a informação dada aos residentes pelo Presidente da Junta de Freguesia da Sé, "desde que se possuísse o dístico da EMEL referente à zona 13".
E aqui reside um conflito: a Junta de Freguesia informa de uma maneira e a Câmara age de outra totalmente contrária. O que deu lugar, nesse dia, a um veemente protesto por parte de alguns residentes que se sentiram enganados pela Junta de Freguesia, pois não estavam estacionados na zona interdita e também foram multados pela Polícia Municipal.

Claro que nos dias seguintes voltou tudo à "normalidade" com o estacionamento ilegal nas 2 ruas, o que prova e confirma, que esta Vereação faz a gestão das agenda política através, e de acordo, com aquilo que a comunicação social vai publicando.
E depois daquela actuação da Polícia Municipal, como vai ser?
Aos autuados, resta-lhes pagar as contra-ordenações que, por incrível que pareça, não são uniformes e variam entre 19,95 (???) e 30,00 euros.
À Vereadora da Mobilidade, resta-lhe continuar a assumir "com boa" a asneira que fez em Setembro e, para ser coerente, instruir a Divisão de Trânsito para colocar ali um serviço de vigilância permanente que possa continuar a cumprir escrupulosamente as suas instruções.
E aos residentes que continuarem a escrever à Câmara a protestar, resta-lhes aguardar pela "resposta padrão" do Director Municipal de Trânsito:
"Compreendemos bem e tomamos nota dos diversos aspectos que considerou menos positivos na perspectiva de residente, gostaria, no entanto, de sublinhar a importância da medida em termos globais na mobilidade e de fruição do espaço público no contexto da cidade."
Palavras para quê?
Lá vai Lisboa....
9.1.07 . - . Página inicial . - .


segunda-feira, janeiro 08, 2007  
[0.006/2007]
PS INTERROGA CARMONA SOBRE SINDICÂNCIA

O vereador socialista Manuel Maria Carrilho quer saber que departamentos e divisões dos serviços camarários de Urbanismo vão ser submetidos à sindicância mandada instaurar pelo presidente do município Lisboeta. Em comunicado, o autarca afirma ter também solicitado esclarecimentos a Carmona Rodrigues sobre "o procedimento seguido na nomeação do instrutor" e, caso já tenha sido nomeado, "a indicação do nome, categoria e serviço".

Fazendo votos de que a anunciada sindicância "não tenha o destino de inquéritos, como os do empreendimento da Infante Santo e do Projecto Urbano do Parque do Oriente, que ficaram na gaveta", Carrilho pediu cópia do despacho que determinou a realização da sindicância" e a "indicação do prazo definido para o início e para a sua conclusão".

Recorda o vereador do PS que foi no passado dia 23 de Dezembro que o presidente da Câmara anunciou ter determinado "a realização de uma sindicância aos serviços de Urbanismo" destinada "a apurar e avaliar a transparência, isenção e legalidade dos procedimentos em sede de licenciamento urbanístico".

A decisão de Carmona Rodrigues e da vereadora do Urbanismo, Gabriela Seara, foi feita no âmbito da aprovação do empreendimento para Marvila - por onde poderá passar o traçado do TGV - e das alegadas ligações do director municipal de Gestão Urbanística, Pires Marques, com o ateliê responsável pelo polémico projecto.

Fonte: Jornal de Notícias
8.1.07 . - . Página inicial . - .


domingo, janeiro 07, 2007  
[0.005/2007]
MOBILIZAÇÃO E RESPEITO

Na reunião que teve com os presidentes das Federações, José Sócrates apelou para que as estruturas do PS se mobilizem no combate à abstenção no referendo sobre a IVG e que tenham "respeito total" pelos cidadãos e militantes que são a favor do "não".
Nesta reunião, a primeira de uma série de encontros internos para mobilizar em defesa do "SIM" à despenalização da IVG no referendo de 11 de Fevereiro, que durou menos de duas horas, estiveram também presentes Edite Estrela, Marcos Perestrello e José Lello, do Secretariado Nacional.
O secretário-geral sublinhou que o PS durante a campanha para o referendo deverá assumir-se como "um espaço de pluralismo e de liberdade", para mais numa "questão de consciência individual" como a IVG.
Nesse sentido - e apesar de o PS ter a posição institucional de ser a favor do "SIM" no referendo à IVG - José Sócrates apelou aos presidentes das Federações para que preservem sempre uma atitude de "total respeito" em relação a militantes ou cidadãos que sejam contra a despenalização da interrupção voluntária da gravidez até às dez semanas.

7.1.07 . - . Página inicial . - .


sábado, janeiro 06, 2007  
[0.004/2006]

"A mensagem de campanha do PS vai centrar-se na luta contra o julgamento das mulheres, contra o aborto clandestino e nas suas consequências para a saúde sexual das mulheres. ..."

Edite Estrela
in "Diário Económico"
6.1.07 . - . Página inicial . - .


sexta-feira, janeiro 05, 2007  
[0.003/2007]
CAMPANHA PELO "SIM"

O PS começa a mobilizar-se para a campanha pelo SIM no referendo sobre a despenalização da IVG.
Ontem à noite, José Sócrates reuniu-se em Lisboa com dirigentes das estruturas distritais para preparar a campanha eleitoral e na próxima semana reunir-se-á com os presidentes PS de câmaras municipais, bom como com os vereadores principais nas câmaras onde o PS não ganhou.
A campanha incluirá, pelo País todo, plenários de militantes que serão abertos à comunicação social e a organização concentrar-se-á em três frentes: a partidária, a parlamentar e a europeia (através do Partido Socialista Europeu e dos eurodeputados).
O Secretariado Nacional (órgão máximo executivo do partido) fará a coordenação geral. A eurodeputada Edite Estrela coordenará a ligação entre o partido e os eurodeputados. A deputada Maria de Belém Roseira fará a ligação entre o partido e o respectivo grupo parlamentar na Assembleia da República.
Já estão marcadas duas conferências parlamentares sobre a despenalização do aborto: uma a 17 de Janeiro em Lisboa, e outra no Porto a 7 de Fevereiro, portanto, já em pleno período oficial de campanha, que decorrerá de 30 de Janeiro a 9 de Fevereiro. Entretanto, a 20 de Janeiro, em Lisboa, haverá uma conferência nacional do PS.
Segundo Marcos Perestrelo, secretário nacional com o pelouro da organização, José Sócrates deverá participar em "três ou quatro iniciativas" mas ainda não está definido se estará em Portugal quando o período oficial de campanha se iniciar, pois poderá coincidir com uma visita do primeiro-ministro à China, cujos pormenores estão ainda a ser ultimados.
Entretanto, a campanha do PS vai também espalhar outdoors pelo País todo em defesa do SIM. Preparam-se também tempos de antena para as rádios e televisões.
O PS envolver-se-á totalmente na campanha, ao mesmo tempo que vários dirigentes vão também participar nas acções dos movimentos "pelo Sim" extrapartidários.
5.1.07 . - . Página inicial . - .


quinta-feira, janeiro 04, 2007  
[0.002/2007]
4.1.07 . - . Página inicial . - .


terça-feira, janeiro 02, 2007  
[0.001/2007]
As recentes modificações no Blogger, com a alteração para uma nova versão, não nos permitiram editar textos durante 2 semanas, não se sabe bem porquê.
Assim, ficaram por desejar, na devida altura, as Boas Festas e os votos de um Óptimo 2007. Fica desejado agora.
2.1.07 . - . Página inicial . - .


This page is powered by Blogger.